Filosofia Ágora

Auto ironizar-te a ti mesmo

21 de out de 2009

O conhecimento positivo

O único conhecimento válido é o que se baseia em fatos. Por isso, a imaginação deve estar completamente subordinada à observação da realidade sensível e manipulável pela técnica. Consequentemente, abandona-se qualquer tentativa de conhecimento absoluto ou pelas causas; o objetivo é chegar às leis, ou seja, às relações constantes que os fatos possuem entre si. Por um lado, as leis positivas não apresentam valor absoluto, (religioso ou metáfísico): mas, por outro, são invariáveis, no sentido de que são verificáveis em todo universo.
Somente a filosofia positiva, livre da teologia e da metafísica, poderia superar as contradições da humanidade, levando-a alcançar o seu destino de progresso.

1 comentários:

Anônimo disse...

Existem três métodos para se atingir a verdade: a ciência, a filosofia e a revelação. Todas elas possuem suas limitações, mas uma não invalida a outra, ou seja, uma não contradiz a outra.
O método científico é que está na moda. Por quê ?. Porque conforme diz Marx, as idéias dominantes numa época nunca passaram das idéias da classe dominante. O que isso significa ?. Significa que a ciência promove o desenvolvimento dos meios de produção, aumentando sua eficiência. Com isso, a burguesia privilegia esse método em detrimento dos outros, principalmente o da filosofia, afinal quem deseja um proletário questionador ?

Postar um comentário